27/02/2020
Home / Bebê  / 10 dicas para seu filho largar a chupeta!

10 dicas para seu filho largar a chupeta!

Você conhece algum bebê que não faz uso da chupeta? Provavelmente não, né? Ela é um recurso usado pela criança a fim de satisfazer suas necessidades orais, muito fortes nos primeiros anos de vida. No entanto,

bebê com chupeta

Você conhece algum bebê que não faz uso da chupeta? Provavelmente não, né? Ela é um recurso usado pela criança a fim de satisfazer suas necessidades orais, muito fortes nos primeiros anos de vida. No entanto, a longo prazo, o uso excessivo da chupeta pode trazer malefícios à saúde do bebê, como problemas dentários e de respiração.

 Crianças que chupam a chupeta ou os dedos em excesso podem apresentar alterações no desenvolvimento do palato (osso no céu da boca). Sendo assim, é necessário impor um limite etário ao uso desse objeto. Geralmente, a chupeta é recomendada apenas até os três anos. A partir daí, o processo de retirada deve ocorrer!
A retirada da chupeta é um processo normalmente difícil. Não se desespere caso sua criança apresente resistência, é muito comum! Confira algumas dicas que podem ajudar nesse momento:

1.   Vá tirando aos poucos, reduzindo gradativamente o tempo que a criança fica com a chupeta, distanciando cada vez mais os intervalos.

2. Tire primeiro durante o dia. A criança tende a querer mais a chupeta na hora de dormir. Se ela já estiver desacostumada a usá-la durante o dia, as probabilidades de apresentar menos resistência na retirada da noite são maiores.

3. Reforce sempre com palavras. Incentive a criança a ficar sem ela. Diga, por exemplo, que ela está crescendo, e por isso não precisa mais da chupeta.

4. Procure trabalhar com trocas, ou seja, substitua a chupeta por outro objeto que possa confortar a criança de alguma forma. Um dos mais famosos é o “paninho de dormir”, que pode acalmar muito a criança, principalmente na hora de dormir.

5. É muito importante que você seja persistente e não deixe que a resistência da criança atrapalhe o processo. Tente todos os dias e sempre reforce como ela não precisa da chupeta.

6. Mantenha-se firme na decisão. Escolha um dia para tirar de vez a chupeta e vá avisando a criança que o dia está chegando. E, quando chegar, não volte atrás! Será difícil, mas tenha sempre em mente que é um processo necessário para o bem-estar de seu filho.

7. Tente um sistema de “recompensas”. A cada semana sem chupeta, por exemplo, presenteá-lo com algo ou levá-lo para brincar no parque.

8. Peça ajuda para pessoas a quem sua criança é apegada. Um primo ou prima, por exemplo, que já sejam mais velhos. Peça para que eles também incentivem a retirada da chupeta.

9. Seja bastante estrita com relação aos horários permitidos durante o processo de tirar a chupeta. Nós sabemos que é difícil resistir ao choro do seu filho, mas, nesse momento, lembre-se sempre de que é para o bem dele.

10. Entenda-o como um processo natural! Ele será relativamente demorado e difícil, mas essa é a normalidade dele. Não se assuste!

Avaliação
SEM COMENTÁRIOS

Publicar um comentário