17/10/2019
Home / Bebê  / Trigêmeos: e agora?

Trigêmeos: e agora?

A gravidez trigemelar não é das mais comuns, mas ocorre com uma frequência relativamente razoável entre as mulheres. No entanto, o triplo de bebês também significa o triplo de riscos - e cuidados! Saiba como

triplets

A gravidez trigemelar não é das mais comuns, mas ocorre com uma frequência relativamente razoável entre as mulheres. No entanto, o triplo de bebês também significa o triplo de riscos – e cuidados! Saiba como lidar com essa situação e garantir a segurança de sua gravidez.

Estar grávida de trigêmeos significa, geralmente, uma gravidez de risco. Ouvir isso de seu médico pode causar angústias, mas não se apavore! Na maioria das vezes, isso só quer dizer que requer mais cuidados médicos e monitoramento.

No entanto, há algumas complicações que podem ocorrer no caso de trigêmeos. Diabetes e anemia são dois dos problemas mais comuns. Para detectá-los, é necessário que o acompanhamento pré-natal seja feito regularmente e o mais cedo possível. Além disso, há o risco de pré-eclâmpsia, ou seja, da hipertensão na gravidez, que pode acarretar complicações mais graves.

O parto prematuro também é uma grande possibilidade. Cerca de metade das gestações múltiplas se encerram antes das 37 semanas. Isso ocorre porque a distensão dos músculos, no caso da gravidez múltipla, pode acontecer antes da hora, induzindo ao parto. Para evitar isso – ou garantir que aconteça com segurança -, o pré natal é indispensável! Não deixe de realizar todos os exames e consultas solicitadas.

images

O descolamento da placenta é outro risco, assim como o crescimento restrito de um ou mais fetos. Em relação a este último, é necessário o acompanhamento e atenção aos fetos, mas, em grande maioria das vezes, o bebê pode nascer relativamente pequeno, mas completamente saudável. Não se apavore!

Além de manter o seu pré-natal em dia, fique atenta aos possíveis sintomas dos quadros descritos acima – especialmente na pressão. Alimente-se bem, com uma nutrição balanceada, e mantenha-se hidratada. Lembre-se de que há mais de uma vida sendo formada em seu útero, e que todas elas necessitam dos nutrientes essenciais. Atenção também à postura e, caso seu médico autorize, faça exercícios leves!

Esteja ciente dos riscos, mas cuide-se ao máximo, para que seja uma gravidez saudável.

Avaliação
SEM COMENTÁRIOS

Publicar um comentário