02/07/2022
Home / Brincadeiras  / Usando fantasias!

Usando fantasias!

Quem é que nunca viu passando pela rua, pelo parque, shopping center ou restaurante uma criança fantasiada? Em um dia comum, rotineiro, às vezes, nos deparamos com pequenos super-homens ou bailarinas. Nos primeiros anos, isso

Quem é que nunca viu passando pela rua, pelo parque, shopping center ou restaurante uma criança fantasiada? Em um dia comum, rotineiro, às vezes, nos deparamos com pequenos super-homens ou bailarinas. Nos primeiros anos, isso é bastante comum, e é uma prática muito interessante para o estímulo criativo da criança!

Principalmente entre os 2 e os 5 anos – mas pode se estender além disso -, o pedido para usar fantasias pode ser muito frequente. É uma atividade divertida e muito positiva. Isso pois pode estimular – e muito – a imaginação da criança! Além disso, permite que ela entre em contato com universos variados, experimentando diferentes linguagens e personalidades.

Por mais que não pareça, isso acaba por ser uma contribuição enorme para o desenvolvimento da cognição de seu pequeno!

Merrilee_Halloween_kids_costumesB1000px

No entanto, é importante lembrarmos que nem tudo é sempre completamente positivo. A situação pode se reverter, caso o uso de fantasias seja excessivo. Isso porque, apesar do incentivo criativo que mencionamos anteriormente, as fantasias podem se tornar uma válvula de escape ao mundo real.

Como assim? Pois é, isso pode dificultar que a criança aprenda a enfrentar seus medos, evitando-os por meio do contexto da fantasia.

Além disso, pode ser também um problema quando a criança passa a acreditar que de fato possui os poderes do personagem de que está fantasiado – um super-herói ou fada, por exemplo. Isso pode levar a acidentes.

Há maneiras de evitar isso. Por exemplo: crie uma rotina. Estabelecer dias da semana em que ele pode usar fantasias é uma forma de acostumá-lo ao uso não excessivo. Mostre também que seus personagens favoritos de filmes ou desenhos também usam roupas normais no dia-a-dia!

Faz parte da infância o uso de fantasias e é um estímulo maravilhoso à criatividade de sua criança. No entanto, fica aqui a dica de manter essa atividade como algo esporádico, e não rotineiro. Assim, as barreiras da imaginação não dificultarão o aprendizado de situações reais!

Com orientação e cuidado, isso tem tudo para ser uma prática benéfica para seu pequeno!

Avaliação
SEM COMENTÁRIOS

Publicar um comentário