17/10/2019
Home / Grávida  / Mães do Mundo: Como tudo começou?

Mães do Mundo: Como tudo começou?

A experiência de quem quer ter filhos varia, inevitavelmente, de acordo com a vivência e com a realidade de cada casal. Os papais de primeira viagem, Renata e Douglas Inoue, vieram contar em alguns capítulos

gravidez-mes-a-mes

A experiência de quem quer ter filhos varia, inevitavelmente, de acordo com a vivência e com a realidade de cada casal. Os papais de primeira viagem, Renata e Douglas Inoue, vieram contar em alguns capítulos a sua jornada. Acompanhe com a SOS Mammys sua história! 


Eu e meu marido Douglas nos casamos em 2013 e já pensávamos em ter filhos, visto que estávamos com 35 anos  e, segundo os médicos, a partir dos 35 anos, a fertilidade começa a diminuir e o risco de doenças no feto aumenta. Nossa lua-de-mel foi incrível e voltei achando que já estava grávida… Mas foi uma doce ilusão.

Esperei mais dois meses e nada…. Então resolvi ir ao meu obstetra e fazer os exames necessários. Descobri que minha progesterona era baixa. Assim, o médico receitou Progesterona + Decadron. E logo comecei a tomar!

No meio de tudo isso, eu e meu marido decidimos que queríamos mais qualidade de vida… saímos dos nossos empregos, abandonamos a vida louca de São Paulo e nos mudamos para Londrina, no Paraná. Tomei os medicamentos por 7 meses e não engravidei, apenas ganhei 10 kg e a tristeza de achar que nunca realizaria o sonho de ser mãe.

Procurei uma obstetra aqui de Londrina e ela me pediu para, imediatamente, parar de tomar os medicamentos, especialmente o Decadron, que é um corticoide, e voltar dali 6 meses. Meu corpo desintoxicou, consegui emagrecer os 10 kg que havia ganho com a medicação, mas a tão sonhada gravidez não chegou. Mais tristeza….

Voltei à médica e fizemos mais exames! Com o meu marido estava tudo bem, mas eu descobri que não ovulava… Aliás, só naquela época soube que a gente ovula apenas um dia no mês!

Comecei a tomar indutor de ovulação (Clomid + Duphaston) e fiz o controle de ovulação, o que me ajudou a saber em que dia ovulava. E, dois meses depois (setembro de 2015), para nossa surpresa e muita alegria, estávamos grávidos.

Minha gravidez foi bem atípica….e por isso contarei para vocês em detalhes no próximo texto!

Venha acompanhar nossa história! Meu marido, Douglas, escreveu aqui!


1375089_10151730103836074_142008812_n

Renata Maluf Miguel Inoue, publicitária, mãe da Nina (anjinho há 9 meses) e grávida da Isabel e da Lauren.

Avaliação
SEM COMENTÁRIOS

Publicar um comentário